julianolamur-cafeemcasa-thecoffeecompass-cold-brew-ickfd

Olá!

Ao longo dos posts por aqui temos conversado sobre a história do café, algumas variáveis nos processos de preparo da bebida, utensílios que podem nos ajudar e sobretudo como melhorar o café que preparamos e bebemos em casa. Bem por isso, escolhi falar hoje sobre o Cold Brew, uma bebida de preparo simples e sabor complexo que ganhou o paladar do mundo (e do Brasil, recentemente).

Vamos ao mais importante primeiro: como o próprio nome diz, o cold brew é um café de extração a frio, ou seja, ele é “passado” com água fria. Acontece que a água fria não extrai os sabores e aromas do café da mesma forma que a água quente. Por conta disso, o café é deixado em contato com a água durante um período que pode variar de 12 a 18 horas.

julianolamur-cafeemcasa-withsaltandwit-cold-brew-ickfd

Fonte: withsaltandwit.com

A temperatura ambiente (ou ligeiramente mais fria) e o longo contato com a água fazem com que alguns compostos de sabor e a cafeína sejam extraídos, mas diversos óleos amargos e ácidos indesejáveis sejam deixados para trás. Só para termos uma ideia, a marca Toddy (não é a mesma que faz o achocolatado das vacas loucas) fabrica um sistema parecido com uma cafeteira para fazer cold brew e garante que o café extraído a frio chegue a ser quase 70% menos ácido do que os cafés feitos com água quente.

julianolamur-cafeemcasa-slingshotcoffeecompany-cold-brew-ickfd

Fonte: Slingshotcoffeecompany

O resultado é uma bebida geralmente de alta concentração e bem extraída (ou forte, para quem leu o post passado), porém menos amarga do que o café tradicional. Esse café delicado e marcante pode ser servido quente ou frio, dissolvido em água ou servido sobre o gelo, com leite ou limão, água tônica, etc. Por suas características, muita gente considera o cold brew ideal para o preparo de receitas e drinks.

Ficou com vontade de experimentar? Vamos à receita do cold brew, então!

julianolamur-cafeemcasa-gimmesomeoven-cold-brew-ickfd

Fonte: Gimmesomeoven

Essa receita segue uma proporção de 4,6 partes de água para 1 de café. Você pode encontrar receitas por aí que variam de 3:1 até 10:1, e cada uma produz resultados bem diferentes. Teste sempre!

Ingredientes:

  • 600 ml de água filtrada;
  • 130 g de café (moagem grossa);
  • 1 filtro de papel para café (previamente escaldado em água fervente) ou tecido de trama fina.

Modo de preparo: 

  1. Em um recipiente grande, acrescente o café e a água fria e mexa algumas vezes até misturar bem. Cubra e reserve por pelo menos 12 horas. Algumas receitas recomendam deixar essa mistura refrigerada descansando por mais tempo, outras dizem para deixar em temperatura ambiente.
    Normalmente deixo por umas 14 horas sem refrigerar.
  2. Após o período de infusão, transfira o café do recipiente inicial para outro recipiente, passando-o por um filtro de papel ou um tecido de trama fina. É importante que essa transferência seja lenta para que o filtro não transborde. Tenha cuidado também para não rasgar o filtro de papel, pois queremos que o resultado final seja uma bebida sem resíduos.
  3. Agora é só refrigerar seu cold brew e ele está pronto! A bebida pode ser guardada em um recipiente fechado na geladeira por até uma semana. (:

julianolamur-cafeemcasa-dailycoffeenews-cold-brew-ickfdjpg

Fonte: dailycoffeenews.com/Foto de topo: thecoffeecompass.com

Até logo, e bons cafés!